Receba dicas grátis!

Principais perguntas na entrevista de emprego

A entrevista de emprego é a hora da verdade, é neste momento que o candidato deve fazer de tudo para encantar o recrutador. Sabemos que vencer a ansiedade e, ao mesmo tempo, responder as expectativas da organização não é tarefa fácil.

Pensando nisso, preparamos um guia contendo as principais perguntas durante uma entrevista de emprego para que você se prepare para os vários rumos em que o entrevistador pode guiar a conversa.

  1. Fale um pouco sobre você.

Esta é, com certeza, a colocação mais frequente numa entrevista de emprego. Neste momento o entrevistador espera uma resposta breve, sucinta e objetiva, na qual deve ser dita de forma natural e espontânea. Sendo assim, descreva o que já realizou na sua vida profissional, focando no que tenha relação com a vaga. Faça uma breve descrição que comece no passado e prossiga até o presente.

  1. Por que deixou o seu último emprego?

Tenha cautela ao responder esta pergunta, sejam quais foram as circunstâncias, mantenha sempre um ar ameno e positivo. Evite expor seus superiores ou colegas de trabalho, aqui você deve mostrar que sua saída foi em prol de um crescimento profissional e uma nova oportunidade.

  1. Que experiência tem nessa área?

Tenha foco ao responder esta pergunta, evite temas que não tenham relação diretamente com a vaga, a empresa ou o setor. Por isso, seja específico ao falar de suas experiências, e não invente.

  1. O que conhece sobre esta empresa?

É imprescindível que você saiba onde está indo, pesquise antes sobre a empresa e fique atento para não falar sobre aspectos negativos da organização. A sua resposta demonstrará o quão interessado você está na vaga.

  1. Porque você quer trabalhar nesta organização?

Use a pesquisa que fez sobre a organização a seu favor e seja sincero sobre os motivos que te incentiva a trabalhar no local.

  1. Qual sua pretensão salarial?

Neste caso evite uma resposta pronta, uma vez que há duas vertentes delicadas a se considerar, de um lado você pode dizer um valor acima do que a empresa pretende pagar; por outro, pode acabar dizendo menos do que ganharia, ambos podem te prejudicar. O ideal é ter em mente a média salarial do mercado de trabalho, e também compreender a realidade da organização e quanto ela está disposta a pagar pelo cargo em questão.
Vale lembrar que este assunto só deve ser abordado pelo recrutador, por isso, seja paciente. O mais importante é saber negociar e considerar outras oportunidades que a vaga lhe trará, como o crescimento dentro da empresa.

  1. Você gosta de trabalhar em equipe?

Os métodos produtivos atuais exigem o trabalho em equipe. Por isso, para esta pergunta exemplifique trabalhos em equipe de sucesso que demonstre seu desempenho junto ao grupo. Não se vanglorie e procure manter-se fiel aos fatos.

  1. Durante quanto tempo espera trabalhar para nós?

Neste caso deixe claro que pretende, sempre, manter uma constante evolução junto a empresa, aliado a isso o trabalho durará enquanto esse equilíbrio for mantido.

  1. Já teve que despedir alguém? O que sentiu então?

Você teve que fazer aquilo que tinha que ser feito, e pronto. Nunca deixe transparecer que gostou ou não de despedir alguém, um profissional de confiança tem que tomar uma ação porque é necessário, e não pelos seus sentimentos.

  1. Diga como você poderia ser útil para a empresa (e/ou) porque devemos contratá-lo?

Esteja preparado para estas duas perguntas uma vez que ela pode definir toda a sua carreira ali dentro. O empregador pode usar o que você disser naquele momento para lhe exigir e cobrar posturas e ações a partir do momento em que for contratado. É importante expressar suas expectativas de crescimento e evolução junto a empresa, deixando claro que suas capacidades correspondem às necessidades da organização.

  1. Conte-me uma sugestão recente que tenha feito no seu último emprego e como ela se concretizou?

Tenha em mente um exemplo que foi aceito, implementado e que tenha tido uma aplicação bem sucedida. A intensão desta pergunta é ver o grau de aplicabilidade e sucesso das suas ideias. Por isso, se possível, previna-se tendo em mão uma carta de recomendação da pessoa que citar nessa narrativa.

  1. Qual seu maior atributo?

Apesar desta pergunta ser pessoal, ela deve ser respondida com sinceridade e pensada num aspecto positivo antes da entrevista. É comum profissionais focarem na sua capacidade para priorizar e resolver problemas, no desenvolvimento de projetos, na capacidade de trabalhar sob pressão, nos seus conhecimentos técnicos ou na capacidade de liderança.

  1. O que seria, pra você, “emprego do sonho”.

Procure não fazer referências nem de empregos anteriores, nem mesmo mencione outro trabalho que vislumbra, que não aquele que corresponda a entrevista em questão. Seja reservado, isto evitará que o entrevistador interprete sua resposta como ‘’ele sairá da minha empresa na primeira oportunidade’’, por isso seja genérico em sua resposta.

  1. O que o motiva a trabalhar melhor?

A última coisa que deve responder nesse momento é: salário alto. Apesar da resposta ser pessoal, tenha cautela ao se expressar e tente compreender como será a reação do entrevistador, reflita sobre aquilo que te motiva e te faz acordar todos os dias para mais uma rotina de trabalho intenso.

  1. Está disposto a trabalhar para além de seu horário? Fazendo noites e fins de semana?

O ideal é responder com moderação este tema, mostre que está disposto a suprir as necessidades da empresa, além de abertura a negociação e sugestões. Afinal, para que seja possível equilibrar todos os âmbitos da sua vida (principalmente para aqueles que possuem filhos, família, estudos, espiritualidades, etc) tudo deve ser combinado previamente.

  1. Está disposto a colocar os interesses da empresa acima dos seus próprios?

Novamente, o ideal é responder com moderação, parcimônia. É importante frisar que sempre estará disposto a fazer o que for necessário pela empresa e para o crescimento nela e com ela. Porém, também mostre a importância de se manter motivado e a realização do trabalho de acordo com sua ética profissional.

  1. Qual foi, até hoje, o seu maior desapontamento profissional?

O espírito de superação é uma das qualidades que os entrevistadores mais admiram, por isso, enfatize que as tem ao narrar o que lhe foi questionado.

Ao final da entrevista não hesite em realizar suas perguntas também, a partir de tudo o que pesquisou previamente sobre a organização questiona sobre os projetos, a estrutura onde você poderá ser integrado e tantas outras que poderá te ajudar a compreender melhor sobre a empresa e seus valores. Afinal, nada melhor que você trabalhar em um lugar que te motiva todos os dias e esteja de acordo com o seu perfil, temos um artigo referente a este tema clique aqui.

Agora que leu esse guia com certeza se sente mais preparado para sua próxima entrevista, não é? Mas para que se sinta completamente preparado, e melhor que seus concorrentes, temos profissionais e toda uma equipe especializada em te preparar para as oportunidades de emprego que surgirem, entre em contato conosco e faça-nos uma visita.

Adicionar comentário